Benchmarking Brasil premia aplicativos sustentáveis criados por estudantes

03/08/2015 09:00

Foram premiados cinco apps que ajudam a economizar água, incluindo projeto em que usuário pode denunciar irregularidades no uso do recurso.

 

O Programa Benchmarking Brasil, organização que fornece selos de sustentabilidade para empresas, lançou o prêmio Hackathon Mais da Sustentabilidade, que visa incentivar e reconhecer o talento de jovens programadores que ajudam a conscientizar ambientalmente a sociedade através de aplicativos. O programa conta com parceria dos cursos de Tecnologia da Informação das universidades Anhembi Morumbi e Uninove, ambas de São Paulo (SP), e de representantes do Google e da Intel, atuando como jurados. Foram recebidos cerca de 10 projetos de apps com foco no uso racional da água, premiando cinco deles.

O grande vencedor foi o aplicativo Level Up+, onde o usuário fotografa vazamentos de água em vias públicas ou de pessoas lavando carros e calçadas, entre outras irregularidades. Pelas fotos possuírem geolocalizador, ajudarão os funcionários da rede de saneamento básico da cidade a identificar e solucionar rapidamente o problema. Criado pelos alunos da Uninove, Erico Luiz Frank e Rodrigo Silveira Dias de Lima, a intenção é trazer a responsabilidade social para o público em geral, para que atuem como vigilantes.

Já o aplicativo Irriga-Ação ganhou na categoria voto popular. A solução criada pelo Fabrício Tenaglia, da Anhembi Morumbi, calcula a quantidade de litros de água necessários para irrigar uma determinada área da propriedade, ajudando o produtor rural a usar o recurso de forma mais racional, evitando desperdícios, mas mantendo a produtividade.

O terceiro lugar ficou com o game educativo Mizu (água em japonês), criado por alunos da Uninove e voltado para o público infantil, com o objetivo de ensinar corretamente o uso da água.

O estudante Igor Siqueira, da Anhembi Morumbi, obteve a quarta colocação com o aplicativo Ponto Falho, que só necessita de três toques na tela do smartphone para fotografar o problema e informar o poder público, além de elaborar relatórios diários sobre a quantidade de pontos de desperdício de água.

 

O app Reuso, que orienta como reutilizar a água da chuva, do banho ou da máquina de lavar, ficou com a quinta colocação. De autoria do aluno da Uninove, Claudeiton Brito Dias, o programa também traz dicas de como armazenar água.

 

Fonte:Ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!