Huawei apresenta Índice Global de Conectividade 2015

23/04/2015 20:30

Documento analisa quantitativamente os níveis de conectividade de diferentes países. 

A Huawei divulgou seu Índice Global de Conectividade 2015 em que analisou 50 economias em termos de conectividade, uso de TIC e transformação digital. O índice revela um indicador sobre quais países estão mais bem posicionados para o desenvolvimento e crescimento, e que são referência de planejamento de TIC para os tomadores de decisões políticas que buscam adotar a economia digital.

Com o dobro de número de variáveis de TIC e países analisados em relação ao ano passado, o GCI deste ano possibilita o entendimento das correlações necessárias para estabelecer objetivos de investimentos aos governos e outros interessados. O que diferencia o GCI de índices similares é uma definição mais ampla da conectividade que abrange redes, computação e armazenamento, ao mesmo tempo em que também enfatiza elementos não estruturais de uma economia digital funcional, como demanda por serviço, atividade de comércio eletrônico, entre outros.

Os Estados Unidos estão em primeiro no ranking entre os países pesquisados, graças ao fornecimento e demanda para serviços de TIC, além do avançado estado de implementação dos serviços; ao lado, outras economias maduras como Suécia, Singapura, Suíça e o Reino Unido completam os cinco primeiros países do ranking.

Chile, China e Emirados Árabes Unidos (EAU) lideram os mercados em desenvolvimento, com todos os três bem classificados entre as posições 15 e 25 no geral. Os líderes entre os mercados em desenvolvimento são caracterizados pela forte adoção da mobilidade e acesso, que são muitas vezes comparados aos dos mercados desenvolvidos, porém, ficam para trás em temos de investimentos em data centers e outros elementos centrais da infraestrutura de TIC.

O investimento em datacenter dos países desenvolvidos é três vezes maior do que o dos países em desenvolvimento, que é o principal catalisador da proliferação da nuvem já que “a borda não existe sem o centro”.

No geral, o GCI 2015 demonstra que um aumento de 20% no investimento em TIC aumentará o PIB de um país em 1%. Ele também identifica cinco habilitadores da transformação digital - data centers, serviços em nuvem, Big Data, banda larga e a Internet das Coisas. Estas tecnologias representam os objetivos que os interessados devem priorizar a fim de transformar mais eficientemente suas economias para a era digital.

Huawei registra crescimento global de 137% em switches para data Center

Todas as economias estão se digitalizando, e o GCI fornece um guia sobre quem está na frente, quem está atrás, por que, e quem está posicionado para subir ou descer. O Índice Global de Conectividade não é apenas um ranking de países. “Nós o vemos como uma plataforma para trabalhar em parceria com os tomadores de decisões políticas e líderes empresariais para identificar, aproveitar e criar novas oportunidades da economia digital com o objetivo de construir um mundo melhor conectado”, afirma Kevin Kevin Zhang, Presidente de Marketing Corporativo da Huawei.

 

Fonte:Ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!