80% dos profissionais de TI da A.Latina esperem que empresas dobrem a conectividade

04/02/2014 18:32

Entrevistados ressaltaram que 45% do tráfego de suas redes é originada de tablets e smartphones.

A Ciena anunciou o resultado de uma pesquisa realizada junto a líderes corporativos de TI da América Latina, e constatou que 80% esperam que a necessidade de conectividade de suas organizações praticamente dobre nos próximos 24 meses.

Os entrevistados também ressaltaram que quase metade (45%) do tráfego de suas redes é originada de tablets e smartphones, e acreditam que o uso desses dispositivos aumente em 55% e 34%, respectivamente, durante esse mesmo período.

As descobertas dessa pesquisa ilustram que as empresas da América Latina passaram a reconhecer que suas redes de comunicação são um ativo empresarial estratégico e uma fonte de diferenciação competitiva, já que propiciam ao consumidor uma experiência de melhor qualidade. Segundo a Ciena, os resultados indicam uma necessidade crescente do mercado, além de uma oportunidade para que os provedores da região modernizem suas redes e possam lidar com o aumento da demanda por serviços e aplicativos de comunicação avançados.

Os líderes tecnológicos da América Latina acreditam que as soluções móveis oferecem uma oportunidade de ampliar os canais de clientes e fortalecer as interfaces de comunicação por meio de esforços de marketing e de marca. Isto se reflete no fato de que, nos últimos 12 meses, 50% dos líderes entrevistados instituíram websites que suportam dispositivos móveis e 40% habilitaram canais de atendimento para seus clientes que usam dispositivos móveis.

87% dos entrevistados afirmam que suas organizações possuem entre um e dois data centers, e 77% possuem data centers em suas próprias dependências. Os entrevistados preveem que os requisitos de capacidade relacionados à conectividade de data centers aumentarão em 80% nos próximos cinco anos.

“Hoje em dia, mais do que nunca, a rede desempenha um papel essencial no fomento do sucesso empresarial. As preocupações identificadas através dessa pesquisa ilustram ainda melhor esse ponto e a situação atual da região – situação essa em que a rápida transformação dos tipos de comportamento existentes dentro e fora das empresas vem exercendo uma pressão cada vez maior sobre as redes e as operadoras que as suportam. Os provedores de serviços têm a oportunidade de ajudar as empresas a transformarem suas atuais redes de modo a capitalizar arquiteturas de rede mais abertas, escaláveis e programáveis, capazes de atender à crescente demanda proveniente da mobilidade, da computação em nuvem e dos avançados aplicativos empresariais”, afirmou Hector Silva, CTO e líder de vendas estratégicas para a América Latina da Ciena.

 

fonte:ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!