Análise: Windows Phone 8.1 melhora bastante o sistema da Microsoft

17/04/2014 09:00


O Windows Phone 8.1 já é uma realidade. A Microsoft liberou para download uma versão prévia do sistema, voltada para desenvolvedores. Entretanto, qualquer curioso pode baixá-la, como explicamos neste link. Claro, nós do Olhar Digital não ficamos de fora e fomos correndo testar o que de novo o update teve a oferecer, mesmo que ele ainda não esteja em uma versão final.

A primeira coisa que fomos testar é meramente estética, mas é uma mudança que sentíamos falta nas versões anteriores do sistema: a mudança de papel de parede. Até agora, o WP oferecia muito poucas opções de personalização. Os blocos dinâmicos são interessantes, mas eles deixavam o sistema quase igual em todos os celulares, com a diferença da posição de cada aplicativo, a cor padrão dos blocos e do fundo, que só podia ser branca ou preta.

Agora você tem um sistema realmente personalizável nas mãos. A Microsoft fez um bom trabalho permitindo o uso de imagens no plano de fundo, com um truque diferenciado, que permite que cada bloco forme a imagem de papel de parede, como mostra a captura de tela abaixo. É uma forma criativa de lidar com o problema, mas seria bacana liberar o uso de imagens como fundo de tela propriamente dito, ocupando o preto (ou branco). Não custaria nada liberar esta alternativa. Para quem não curte o visual novo, é possível manter tudo como era antes, então não houve perdas.

Reprodução  Reprodução

A Microsoft sugere algumas imagens que já vêm com o sistema para aplicar ao fundo dos blocos, mas também é possível utilizar fotos que o próprio usuário tira. Vale lembrar também que a imagem só preencherá alguns apps fixados na tela, a maioria deles já nativos do sistema. Aplicativos como Twitter, Facebook e até mesmo o Office terão uma cor própria que não pode ser modificada.

Falando em visual, mas desta vez aliado à usabilidade, o que antes era exclusividade dos phablets, agora chega a todos os aparelhos com WP: a terceira coluna de blocos fixados na tela de início. Com apenas algumas configurações rápidas foi possível adicionar a nova coluna no nosso Lumia 1020, que tem uma telinha de 4,5 polegadas. Mesmo sem muito espaço, o resultado foi surpreendentemente bom. Se o usuário for organizado, é ele pode aproveitar bem este espaço extra para facilitar o acesso aos apps sem deixar a tela poluída.

Central de notificações
A segunda coisa que fomos testar é a ferramenta que mais fazia falta no Windows Phone. Até agora, quando o usuário recebia uma notificação de qualquer app, uma pequena faixa aparecia na parte superior da tela e ficava lá por alguns segundos. Depois deste período, tudo estava perdido para sempre: você dificilmente saberia qual app produziu aquele aviso.

Agora isso mudou. Ao deslizar o dedo do topo da tela para baixo, um novo mundo se abre. Todas as notificações estão lá, e o usuário pode ficar mais tranquilo sobre o que ele pode ter perdido. Pressionar algum dos avisos o leva diretamente para o aplicativo em questão. Caso a notificação não seja mais necessário, é só deslizar o dedo para o lado e o alerta desaparece.

Além disso, há quatro botões para acesso rápido a funções importantes, como ligar ou desligar o Wi-Fi, ou ativar ou desativar o modo avião. O usuário pode selecionar quais aplicativos ele deseja fixar nestes espaços. Os Lumias de 6 polegadas (1320 e 1520) têm 5 botões neste espaço.

Reprodução Reprodução

Cortana
A função mais chamativa do Windows Phone 8.1 certamente é a Cortana. A assistente pessoal do sistema é uma resposta da Microsoft ao Siri, da Apple, e o Google Now do Android e funciona bem, mas está em fase beta.

Os brasileiros que já baixaram a atualização devem ter percebido que ela não existe na versão em português do WP, infelizmente. Ela depende da mudança da localização do aparelho e o download do pacote de idiomas inglês para funcionar. Depois de todo esse trabalho, ela só entende comandos em inglês, também. É bem triste.

Mesmo assim, para quem conhece o idioma, a Cortana funciona muito bem, mesmo estando em fase beta. Ela às vezes engasga para reconhecer algumas expressões e não entende o nome do CEO da Microsoft (Satya Nadella) de jeito nenhum, por exemplo, mas reconhece comandos muito bem.

Uma coisa bacana que pudemos observar é que você pode pesquisar “restaurantes mexicanos próximos”, por exemplo. Ela irá mostrar uma lista de restaurantes. Em seguida, você pode dizer “mostre-me o caminho para o primeiro”, e ela abrirá o app de mapas para mostrar a rota para o primeiro restaurante da lista.

A ferramenta é capaz de marcar eventos no calendário, gerenciar a agenda de contatos e atribuir apelidos aos seus amigos para ficar mais fácil fazer chamadas, programar alarmes e lembretes. Um exemplo que o próprio software sugere é de lembrar o usuário de comprar alguma coisa quando ele estiver em uma loja específica, unindo informações de geolocalização e o aviso programado no sistema. Ela também pode lembrá-lo de perguntar alguma coisa para sua mãe, por exemplo, na próxima vez que ela ligar.

Claro, ela também é engraçadinha, cheia de respostas divertidas para as mais diversas perguntas e chega até mesmo a contar piadas quando o usuário pede por uma piada (elas não são muito boas, mas são piadas). Isso é assunto para outra matéria, no entanto.

A Microsoft diz que como ainda está em beta, a Cortana ainda aprenderá muito sobre o modo como os usuários interagem com ela, tornando a comunicação mais simples. Entretanto, pelo que foi visto até o momento, a experiência já parece muito boa. Resta torcer para a versão em português ter a mesma qualidade.
Reprodução Reprodução


Funcionalidades novas
O teclado do Windows Phone era bom, mas ficou bem melhor com a adição do reconhecimento do deslizar do dedo pela tela. Trata-se de uma ferramenta muito popular no Android e faz muita falta, principalmente quando você se acostuma com ela.

Para quem não é iniciado neste tipo de teclado ele funciona assim: sem tirar o dedo da tela, você o passa sobre as letras que formam a palavra que deseja digitar. O sistema reconhece o padrão de movimento para formar a palavra completa, e normalmente muito bem. Mesmo iniciante nesta área, a Microsoft mostrou competência no desenvolvimento da ferramenta.

O Internet Explorer, que chega à versão 11, também foi melhorado, permitindo fixar páginas na tela inicial, e ganhou o modo de leitura, que elimina todas as distrações da página. A ferramenta mostra apenas o texto, eliminando até mesmo as imagens, para oferecer uma experiência mais fluida de leitura. Outra ferramenta importante adicionada ao browser é o modo privado, algo que Chrome e Firefox já oferecem há um bom tempo no Android, assim como o Safari no iOS. Novidade mais do que necessária e atrasada, portanto, mas bem-vinda de qualquer forma.

Outras novidades
Agora o WP tem um controle de volume separado para reprodução de mídia e para o toque de celular, um calendário redesenhado para maior eficiência, suporte a VPN, um novo Skype, e o Wi-Fi Sense, que permite conectar-se automaticamente a hotspots próximos, para salvar o seu plano de dados. Ele também permite compartilhar sua rede com amigos e contatos sem necessidade de passar a senha do seu Wi-Fi.

Conclusão
O Windows Phone 8.1 não é um Windows Phone 9, é importante ressaltar. Como a versão 8.1 do Windows para PC, ele chega para acrescentar recursos que faltavam no sistema e não para revolucionar tudo.

Neste sentido, a Microsoft foi muito bem. Conseguiu trazer ferramentas populares dos outros sistemas para sua plataforma para deixá-la mais competitiva, e ainda trouxe a Cortana, que, se , talvez, não é a assistente pessoal mais eficiente, já que ainda está em desenvolvimento, certamente é a mais divertida. Com todas estas mudanças, o WP ficou mais personalizável e rico em recursos.

Claro, por ser uma versão de testes, ainda, é possível encontrar alguns bugs. Nos nossos testes, houve uma vez em que o app do Facebook simplesmente não abria e foi necessário reiniciar o celular para fazê-la abrir. Mas isso pode ser justificado por ainda ser uma edição prévia do sistema.

 

Fonte:Olahrdigital


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!