Bebê Store recebe aporte de R$ 30 mi

17/03/2014 07:51

A Bebê Store, e-commerce de produtos infantis, recebeu um aporte de R$ 30 milhões do fundo Atomico e da W7 Brazil Capital. 

E-commerce aumentou sua receita em dez vezes desde o primeiro aporte. Foto: flickr.com/photos/dumfstar.

Essa é a terceira rodada de captação de recursos da empresa. Há um ano, recebeu R$ 20 milhões dos mesmos fundos e antes disso recebeu um aporte do Atomico de US$ 2,9 milhões.

De acordo com a empresa, desde 2011, quando recebeu o primeiro aporte, a receita aumentou dez vezes, ou seja, aproximadamente R$ 200 milhões. 

A Bebê Store iniciou suas operações em 2009 e atualmente tem 55 mil itens no portfólio de suas cinco lojas virtuais: Bebê Store, Kids Store, Toy Store, Mommy Store e Clube da Fralda. 

No ano passado apresentou um crescimento de 137% e espera aumentar em 100% as vendas em 2014.

Niklas Zennström, co-fundador do Skype e fundador do Atômico, informou para o Valor que a companhia pode investir futuramente na aquisição de outras organizações. 

"Não está eliminada a possibilidade de uma aquisição ou fusão com outra empresa no futuro, mas por enquanto o foco é o crescimento orgânico", afirmou.

Zennström considera possível que a Bebê Store receba uma nova aplicação no período entre um ano e um ano e meio. 

O Atomico está em busca de outras empresas brasileiras para investir. “O mercado de comércio eletrônico é o que apresenta as melhores perspectivas, mas estamos abertos a avaliar outros tipos de empresa", disse ao jornal Haroldo Korte, executivo do fundo no Brasil.

No Brasil, o Atomico tem participações em quatro empresas: Bebê Store, Restorando, Pedidos Já e Connect Parts. Assim, administra recursos de US$ 850 milhões e investe em empresas de tecnologia em diversos países, como Supercell e Climate Corporation.

 

Fonte:BagueteTI

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!