Big Data: EMC cria solução para compressão de dados sísmicos

28/08/2015 12:35

Como parte da estratégia de pesquisa e desenvolvimento na área de big data, fabricante criou métodos algorítimos que compactam arquivos terabyte para frações do tamanho original.

 

O Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da EMC, instalado no Brasil, no início de 2014, criou, para a indústria de óleo e gás, um divisor de água. Trata-se da compressão de dados sísmicos, que há muito era pensado como incompressível. O BRDC (Brasil Research and Development Center) criou métodos algorítmicos, que compactam significativamente arquivos terabyte para apenas uma fração de seu tamanho original.

Segundo Karin Breitman, cientista chefe do BRDC, o resultado desta pesquisa é de extrema importância para uma indústria, que está se esforçando para trazer mais e mais dados on-line, objetivando a interpretação e análise avançada.

"Meu sonho é saber o que acontece nas bacias de extração de petróleo, como a Bacia de Campos", diz a cientista chefe da EMC. A tecnologia de compressão de dados utiliza o aprendizado de máquinas  especializadas no registro de dados sísmicos e comprime os registros para potencializar o processamento, armazenamento e agilizar o acesso à informação.

"Ao fazer a compressão em paralelo, reduzimos a velocidade de dias para segundos, e aumentamos a velocidade de envio dos dados", ressalta Karin. De acordo com ela, a compressão também viabiliza economicamente a transferência de dados em fita para plataforma online, impactando na exploração de petróleo e na prevenção de acidentes.

Outra solução desenvolvida pela EMC  é orientada à manutenção preditiva de motores rotativos, como turbinas de energia, aviação e usinas de açúcar e álcool.

 

Fonte:IPnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!