Confira dicas de segurança para evitar roubos de dispositivos móveis

12/04/2014 14:34

Secretaria de Segurança Pública de SP registra 460 roubos de celulares por dia.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirma que cerca de 460 celulares são roubados diariamente na cidade. O especialista Fabio Milani, do grupo GR, empresa de segurança e prestação de serviços, separou algumas dicas.

Celulares:

- Não manter na agenda nomes e fotos de familiares, pois podem ser utilizados por criminosos especializados em sequestros

- Atender o celular na rua deixa o usuário distraído e, ao mesmo tempo, vulnerável

- Não usar celular na cintura e/ou em bolsos

- Coloque seu aparelho no modo vibratório ou silencioso e não deixar a mostra

- Apesar de ser proibido por lei, ainda é comum ver as pessoas falando ao volante. Neste momento, o usuário, por estar distraído, é um alvo fácil para os meliantes, além de poder causar acidentes

- Não deixe seu celular sobre mesas, balcões e cadeiras de restaurantes ou lojas, pois os meliantes aproveitam qualquer descuido para furtá-los

- Nunca forneça nenhuma informação particular pelo telefone, como: números de RG, CPF, conta de banco, senhas, entre outros

- Atenção com o golpe de falso sequestro pelo celular

- O uso do identificador de chamadas pode identificar ação de golpistas, trotes, ameaças, etc.

- Não incentive o uso de telefone celular por crianças.

- Cuidado com conversas com um estranho pelo telefone

- Se disponível, utilize os recursos de bloqueio com senha em seu aparelho

- Tente descobrir sempre o nome e número da pessoa que esta ligando para você.

Tablets ou notebooks:

- Grandes centros comerciais, rodoviárias e aeroportos são locais de maior ocorrência de roubos e furtos de notebooks e tablets.

- Avalie sempre se é realmente necessário levar o notebook ou o tablet do trabalho para casa ou vice-e-versa.

- Em aeroportos, a dica básica é que o usuário não descuide do equipamento

- Os assaltantes acompanham a vítima e, ao menor sinal de desatenção do usuário, o assaltante troca a mala com o notebook por uma maleta falsa

- Os assaltantes contam com olheiros que observam usuários de notebooks e tablets em eventos, na saída de empresas, hotéis ou aqueles que se descuidam do equipamento na rua enquanto falam ao telefone

Fique atento a movimentação de pessoas estranhas. Se sentir que alguém está te seguindo, procure permanecer em um local com bastante movimento de pessoas ou procure um policial ou segurança no local.

- Evite usar a maleta tradicional do notebook. Procure carregar o equipamento em uma mochila comum.


Fonte:ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!