Dimension Data cresce 20% em 2018 apostando na verticalização

15/01/2019 20:35

A mudança na relação entre lojas e agências bancárias com os seus consumidores, a partir do uso da tecnologia, entrou definitivamente no radar da integradora Dimension Data (DD), juntamente com a demanda dos setores de saúde e telecomunicações. A empresa reestruturou a área comercial em 2018, contratou especialistas em cada setor, e está colhendo os frutos do modelo que, segundo Augusto Panachão, business developer manager da companhia, se traduzem em um crescimento de 20%.

Através do SD Branch, Aruba evolui conceito de SD-WAN para simplificar implantação de redes

O executivo destaca a demanda do varejo que, segundo ele, devido à crise econômica, apostou na inovação para reduzir custos e aumentar a eficiência. Um dos projetos que a DD identificou como comum em 2018 foi a contratação de infraestrutura de TI junto com ensaios para a instalação de soluções de internet das coisas (IOT).

“Também fizemos muitos PoCs (Proof of Concept) e instalações de projetos de SD-WAN”, diz Panachão. Uma SD-WAN (rede definida por software em uma rede de área ampla) simplifica o gerenciamento e a operação de uma rede de longa distância (WAN) ao desacoplar o hardware de rede de seu mecanismo de controle. “Com toda a configuração feita pelo software, o SD-WAN permite a integração de diferentes links de conectividade, fazendo com que a empresa possa substituir o link MPLS ((Multi-Protocol Label Switching), mais caro, por soluções mais econômicas, sem perder desempenho”, explica o diretor da Dimension Data.

Ainda pensando na relação do consumidor com o varejo e com os bancos, que têm transformado as agências em um canal de relacionamento, os projetos desenvolvidos pela DD visam extrair informação do cliente tanto no meio físico (lojas e agências) quanto no meio virtual. Panachão conta que as iniciativas envolvem desse soluções de rede sem fio, passando por big data, analytics, contagem de pessoas, câmeras, sensores, mapa de calor e localização de ativos.

“A instalação de redes WiFi (rede sem fio) é o ponto de partida para a extração de informações sobre o cliente”, diz o executivo da DD, ao justificar a alta demanda por projetos nesta linha em diferentes setores da economia.

Outra nova solução trabalhada pela DD e que também influenciou nos resultados positivos da empresa é o serviço de consultoria em cibersegurança. Com um framework, a empresa avalia o nível de segurança da infraestrutura de TI do cliente e indica prioridades.

Com as novas soluções e a verticalização, a Dimension Data chegou a uma equipe de 400 profissionais, sendo 50 apenas na área de projetos. “Ao verticalizar, ampliamos a concepção dos produtos e serviços. As soluções são melhor direcionadas para o mercado e conseguimos ser mais ágeis na identificação de oportunidades. Entramos efetivamente no mercado de IoT e desenvolvemos ecossistemas, porque temos operações verticais, focadas em segmentos”, finaliza Panachão.

 

Fonte:Ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!