Empresas regionais investem em fibra e em internet gratuita no interior

18/03/2015 09:02

Sem incentivo fiscal ou linhas de crédito, empresários têm iniciativas que proporcionam velocidade e universalização da internet.

Quatro cidades do interior de Minas Gerais – Oliveiras, Cláudio, Carmo da Mata e São Francisco de Paula – estão participando de um projeto de internet que é inédito no país. Um provedor regional de internet daquele estado, a PLUG Telecom, instalou rádios transmissores em locais identificados como de maior movimento e demanda de acesso nessas quatro cidades, oferecendo sinal totalmente gratuito. A iniciativa foi reconhecida pela inovação com uma premiação conferida pela imprensa especializada.

O empresário Breno Vale, um dos idealizadores do projeto, explica que a tecnologia utilizada em cada célula permite atender até 600 usuários simultaneamente, com no mínimo 10 Mbps de velocidade e sem limites de tráfego.  Cada usuário deve preencher um breve cadastro antes de começar a navegar. As cidades contempladas com este projeto piloto têm menos de 50 mil habitantes.

Basílio Perez, presidente da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), explica que os provedores regionais têm investido em tecnologia e projetos de inovação para driblar dificuldades impostas pela concorrência com as grandes operadoras. “Nossos custos são maiores e o acesso às políticas públicas, que possibilitam financiamento e participação em leilões de frequência, por exemplo, ainda estão em negociação”, explica.

Na visão dele, a necessidade de acesso à rede demonstrada pelo usuário acaba motivando o empresário do setor. Marcelo Couto, também de Minas Gerais, é um desses. Ele decidiu não só oferecer internet, mas com mais velocidade. Em Ipuina, que tem cerca de 9 mil habitantes (sendo que 3 mil estão na área rural), ele investiu R$ 150 mil na implantação de uma rede de fibra óptica. Nos próximos meses vai expandir o projeto e lançar fibras em mais três cidades: Caldas, Santa Rita de Caldas e Ibitiura. A previsão de investimento é de R$ 600 mil.

Segundo levantamento da União Internacional de Telecomunicações (UIT), o PIB sofre um incremento de 1,4% a cada 10% de crescimento da penetração de internet rápida em um país. A UIT é um órgão da ONU que incentiva políticas para o setor.

Seaborn amplia infraestrutura óptica terrestre no Brasil

Investimento em redes, financiamento e universalização da banda larga no país serão temas do 7º Encontro Nacional de Provedores de Internet e Telecomunicações que a Abrint promoverá em São Paulo-SP, no Centro de Convenções Frei Caneca, de 1 a 3 de junho. O ministro Ricardo Berzoini, das Comunicações, e o deputado federal Alessandro Molon, relator do Marco Civil da Internet, já confirmaram presença.

 

Fonte:Ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!