Facebook fala sobre estratégia de conectividade durante evento em São Paulo

19/03/2014 08:19

Segunda tela é a principal parte dessa nova fase.

O novo desafio da empresa de Mark Zuckerberg é conectar 4.3 bilhões de pessoas, uma estratégia já anunciada pelo CEO do grupo durante o Mobile World Congress, em Barcelona. Em um encontro com jornalistas em São Paulo (SP) nessa terça-feira (18), executivos da companhia falaram sobre o novo desafio do grupo Internet.org, que conta com o apoio da Nokia, Qualcomm, Opera, MediaTek e Ericsson, também espera contar com os governos.

Mark Zuckerberg desabafa sobre espionagem

Os executivos da rede social lembraram da relevância da conectividade e do poder de engajamento da rede. Citando dados da Delloite, Leonardo Tristão, diretor do Facebook no Brasil, afirmou que a conectividade pode movimentar US$ 2.2 trilhões no Produto Interno Bruto (PIB), e essa atual estratégia está diretamente ligada ao segmento móvel.

A rede social que tem 85 milhões de usuários no Brasil acredita que a segunda tela é um dos motivadores da audiência de mais de 50 milhões de usuários por dia, e o objetivo, destacou o diretor da companhia para o Brasil, “é fazer com que o usuário tenha a mesma experiência independente do dispositivo”. Ele lembrou que boa parte dos que assistem TV acessam o Facebook por dispositivos móveis ao mesmo tempo.

Mas, como nem todo mundo tem smartphone, Tristão afirmou que a rede social se adapta a 6 mil modelos de aparelhos. Apenas no Brasil, entre todos os internautas, 65% acessam o site diariamente e mais da metade dessas pessoas (56%) por dispositivos móveis.

Engajamento

Sobre o comportamento dos usuários, 84% usam a rede para curtir fotos; 74% para ler atualizações; 70% enviam mensagens e 40% dessa base compartilham compras feitas pela web.

Seja para o e-commerce ou para sites de notícias, a rede social pode aumentar a audiência e, em muitas ocasiões, as vendas. Não é a toa que independente do tamanho, boa parte das empresas mantém um perfil na rede social.

No caso de sites de notícias, um levantamento com alguns sites dos EUA mostrou que 23% do tráfego gerado nos portais vêm das redes sociais, “alguns sites já afirmaram que o Facebook ultrapassou sites de buscas”, ressaltou Luna Kalil, gerente de parcerias com a mídia. Para ela, um dos pontos de sucesso mais importantes para esse engajamento é saber gerar conteúdo engajador.

Para Eduardo Villamba, líder de soluções para clientes Latam, hoje a plataforma conta com mais de 1 milhão de assinantes, e empresas como Hotel Urbano e Loreal criaram estratégias de comunicação direcionadas e obtiveram bons resultados. No caso da Loreal, que decidiu falar diretamente com seus fans, as vendas direcionadas pela rede social aumentaram 22%, e o Hotel Urbano apresentou um retorno de investimento seis vezes mais efetivo. O executivo afirmou que a ideia de disponibilizar a página de logout para anúncios surgiu no Brasil, e justifica: "muitas pessoas no Brasil dividem o computador em casa com outros membros da família".

Denúncias

A proximidade das Eleições presidenciais leva alguns usuários a criar comunidades políticas antes do tempo determinado pelo TSE, e um dos casos recentes foi a criação da fan page de Aécio Neves, candidato do PSDB, que recebeu o pedido de exclusão do TSE. Tristão ressaltou que a empresa está preparada para atender todas as demandas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para excluir perfis que não estejam de acordo com a legislação.

Mas, para outros casos, como de denúncias de nudez e conteúdo impróprio, os executivos lembram que os usuários devem reportar à rede, que analisa todos os casos manualmente.

Também é possível reportar perfis de crianças abaixo de 13 anos, conteúdos suicidas e perfis de pessoas falecidas. Esses casos têm prioridade de análise. “Todos os casos são analisados manualmente, e o usuário pode acompanhar sua denúncia na página”, lembra Camila Morales, especialista em relacionamento com a comunidade, ressaltando que a rede prioriza as emergências.

Camila também lembrou da criação da ferramenta de Denúncia Social, uma forma educada de pedir para remover uma marcação ou até excluir uma foto que o usuário não gostou da rede. Uma mensagem padronizada é enviada a quem publicou a imagem pedindo a retirada do conteúdo. “A ferramenta ajuda a intermediar cerca de 3.9 milhões de conflitos por semana”, conta Camila.

 

Fonte:ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!