Fraudes no setor de telefonia crescem mais de 40% em outubro

25/11/2013 15:06

Acontece uma tentativa de roubo de identidade a cada 12 segundos no Brasil.

O Brasil registrou 224.025 fraudes em outubro, informou o Serasa Experian no Indicador de Tentativas de Fraudes ao Consumidor, o que representa uma tentativa de roubo de identidade em cada 12 segundos no país.

No período, o setor de telefonia respondeu por 49,3% das ameaças,  40,2% mais que o registrado no mesmo período do ano passado.

Entre janeiro e outubro desse ano foram 1,81 milhão de tentativas, e de acordo com o levantamento, esse aumento foi registrado próximo ao Dia das Crianças,  período considerado de risco para consumidores e comerciantes, pois as tentativas tendem a aumentar.

Depois do setor de telefonia - que registrou 110.470 tentativas - o setor de serviços foi o segundo maior, com 59.743. O setor inclui construtoras, imobiliárias, seguradoras e serviços em geral (salões de beleza, pacotes turísticos etc.), e registrou o equivalente a 26,7% do total. No mesmo período no ano passado, este setor mais sofria tentativas de fraudes e respondia por 28,6% das ocorrências.

O setor bancário foi o terceiro do ranking de registros em outubro de 2013. Embora não tenha sido recorde histórico, bancos e financeiras atingiram 36.411 tentativas, 16,3% do total, o maior valor em 12 meses, e no ano passado, o setor respondeu por 22,6% dos casos. O varejo foi responsável por 6,2% das tentativas, e os demais setores por 1,6%.

Nem os mortos estão livres

A Serasa Experian afirma que os consumidores que tiveram seus documentos roubados estão mais suscetíveis às fraudes,  e que às vezes, os criminosos combinam dados para criar uma “nova” identidade, usando dados de filiação de uma pessoa e data de nascimento de outra. Ainda de acordo com o levantamento, até pessoas que já morreram são vítimas dessas tentativas, e os criminosos usam os dados pessoais dessas pessoas para adquirir bens, serviços e linhas de crédito.

Entre as principais tentativas estão a emissão de cartões de crédito, financiamento de eletrônicos no varejo,  compra de celulares com documentos falsos ou roubados,  abertura de conta, compra de automóveis e abertura de empresas.

Precaução

Mas, os “conselhos” da companhia são simples de seguir. O primeiro deles é que o consumidor não fornecer dados pessoais para pessoas estranhas, nem fornecer ou confirmar suas informações pessoais ou número de documentos por telefone e tomar cuidado com promoções ou pesquisas nesse meio.

Não perder de vista seus documentos de identificação, quando solicitados para protocolos de ingresso em determinados ambientes ou negócios, nem deixar que atendentes de lojas e outros estabelecimentos levar os cartões bancários para longe da presença para efetuar o pagamento.

Tomar cuidado ao digitar a senha do cartão de débito/crédito na hora de realizar  pagamentos, principalmente perto de desconhecidos e não informar os números de documentos para preencher cupons de sorteios ou promoções de lojas.

Na internet o cuidado deve ser dobrado. O usuário deve estar atento ao fazer cadastros em sites que não sejam de confiança e não apresentem o cadeado de segurança, além de prestar atenção nas dicas dicas de segurança da página, e também é preciso estar atento ao fornecer informações nas redes sociais. Também é preciso manter o antivírus atualizado, pois isso pode inibir os riscos de roubos de informações.

Segundo a companhia, ao ser vítima de roubo, perda ou extravio de documentos, a primeira medida é cadastrar a ocorrência na base dados da Serasa Experian, para que a informação esteja disponível ao mercado (indústria, comércio e serviços), e depois o consumidor deve fazer um boletim de ocorrências.

Assim, a cada consulta, o concedente de crédito será alertado de que se trata de documentos roubados, evitando que transações sejam realizadas. O consumidor pode, ainda, consultar gratuitamente o seu CPF em uma das agências da Serasa Experian em todo o país. Os endereços estão no site.

 

fonte ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!