Fujitsu pensa em usar leitores da palma da mão em smartphones

03/03/2014 10:46
Tecnologia já usada em notebooks e tablets é considerada mais segura para efeitos de autenticação do que a do reconhecimento de impressões digitais
 

A Fujitsu pode incorporar a sua tecnologia de leitura das palmas da mão em smartphones como uma forma de verificar a identidade de um usuário. Os leitores PalmSecure da empresa usam infravermelho para fazer o rastreio dos pontos nas veias localizadas logo abaixo da superfície da palma da mão. Para os sensores funcionarem deve haver sangue fluindo nas veias.

Os padrões das palma das mãos de cada pessoa são únicos, e o rastreamento dos pontos nas veias são comparados com registros prévios cadastrados para autenticar usuários e desbloquear qualquer dispositivo ou serviço, a ele vinculado.

“Temos conseguido reduzir o tamanho das nossas unidades de autenticação a partir das palmas da mão”, disse um porta-voz da Fujitsu. “No futuro, esperamos, eventualmente, ter estas unidades incorpordadas em smartphones”, confirmou.

A Fujitsu afirma que a tecnologia biométrica tem uma taxa de aceitação de falsificações de apenas 0,00008% e uma taxa de rejeição de 0,01%. A empresa começou a vender a tecnologia em 2004, quando foi introduzida em ATMs no Bank of Tokyo-Mitsubishi, para ajudar a autenticar clientes e evitar fraudes. Mais tarde, a Fujitsu reduziu o tamanho dos leitores e colocou-os em portáteis. Recentemente, mostrou uma versão do tamanho de um pequeno selo. É a mais reduzida, até agora.

 

Fonte:IDGNOW

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!