Grupo Marista destina R$ 400 mil para videovigilância

09/04/2014 09:55

Projeto atende a PUC-PR e hospitais da rede, em Curitiba.

O grupo Marista, mantedor da PUC-PR e hospitais em Curitiba destinou R$ 400 mil para instalação 336 novos equipamentos de videovigilância e software para gestão do monitoramento dos campi da Universidade e dos seus hospitais em Curitiba.

Genetec amplia portfólio de videomonitoramento para o mercado brasileiro

A instituição adotou a versão recente do Ominicast, da canadense Genetec, e com o projeto, as unidades têm cerca de 700 câmeras integradas. A plataforma permitirá detecta alertas em espaços internos e externos dos campi e hospitais e ajudará a empresa a controlar a presença de pessoas não autorizadas na tesouraria dos hospitais, nas salas de armazenamento de medicamentos controlados,  assim como detectar a presença de estudantes ou visitantes das universidades fora dos horários de funcionamento.

Fernando Silvério Silva, gerente de segurança do Grupo Marista, conta que no período de implantação não foi preciso substituir os modelos de câmeras antigos. “Por se tratar de um investimento significativo, foi desafiador conseguir mostrar à direção que o investimento seria diretamente revertido em melhorias à gestão do sistema de segurança como um todo, pois passaríamos a ter recursos de inteligência do software - como detecção e alertas - e também teríamos a garantia do uso das imagens das câmeras, por se tratar de uma plataforma confiável na gestão das câmeras e no armazenamento das imagens”, e o principal desafio da solução anterior era a impossibilidade de manter as imagens gravadas em um banco de dados.

A companhia pretende, ainda, reforçar a segurança com o Security Center e expandir o Omnicast para a rede de colégios do Grupo Marista. "Pretendemos fazer um projeto piloto com a plataforma Security Center, que se mostra como uma evolução para tornar o sistema se segurança ainda mais autônomo e unifica a vídeo vigilância com controle de acesso. Se a integração trouxer benefícios, pretendemos implantá-la em 2015", prevê Fernando Silva.

 

Fonte:ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!