Microsoft capacita em infra e nuvem

17/03/2014 07:53

Essa sexta-feira, 14, é o último dia de inscrições para a capacitação gratuita da Microsoft com foco em infraestrutura e desenvolvimento. O curso faz parte do programa Students to Business e é oferecido online pela Microsoft Virtual Academy (MVA).

Centro de Inovação MS em Porto Alegre. Foto: Gilson Oliveira / PUCRS.

Para participar, o interessado deve se inscrever no site da companhia e estar regularmente matriculado em uma instituição de ensino.

Ao final do conteúdo, o aluno faz uma prova online e recebe um certificado.

O MVA já capacitou 200 mil estudantes no Brasil.

A demanda por profissionais de TI na América Latina vai superar a oferta de profissionais em 35% até 2015, segundo pesquisa da IDC.

Também para suprir a carência de mão-de-obra qualificada, foi criado o Projeto Nova Nuvem Microsoft, destinado a alunos de Administração, Contabilidade, TI e Engenharia.

“A Microsoft acredita na inovação e criatividade dos jovens brasileiros, e quer compartilhar, incentivar e desenvolver novas ideias e formações para o aluno e para o mercado nacional para suprir a necessidade de profissionais preparados que existe no ecossistema de parceiros Microsoft. O projeto, por sua vez, visa abrir oportunidades aos estudantes”, disse Luis Banhara, diretor de Negócios para Clientes Corporativos da Microsoft Brasil.

A primeira etapa do curso será online e a segunda com provas presenciais em sete cidades nos Centros de Inovação: Porto Alegre (RS), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Fortaleza (CE) e Recife (PE).

Com essa iniciativa, a organização oferece o portal Primeira Parceria, exclusivo para parceiros publicarem vagas e estudantes certificados disponibilizarem seus currículos.   

As inscrições estão abertas até o dia 6 de abril. Para a capital gaúcha, as inscrições devem ser feitas pelo e-mail ci@pucrs.br.

Outras informações pelo (51) 3320-3672. O centro está localizado no Tecnopuc (av. Ipiranga, 6681 – prédio 99 A).

De acordo com a IDC, a computação em nuvem deve gerar cerca de R$ 14 milhões de novos empregos até 2015 e as receitas de inovação na área podem atingir US$ 1,1 trilhão por ano. 

 

Fonte:BagueteTI

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!