Minicom firma acordo para estimular indústria brasileira de semicondutores e smartphones

13/05/2014 07:55

Objetivo é beneficiar o setor estratégico e inserir o Brasil no circuito das tecnologias mais avançadas

O Ministério das Comunicações integrou um grupo de trabalho que fará diagnóstico para auxiliar a impulsionar a indústria de semicondutores no Brasil. Segundo o secretário-executivo substituto do MiniCom, James Görgen, esse esforço é essencial para colocar o país no circuito de tecnologias mais avançadas.

Evento de Governança da Internet pode reservar grandes mudanças

"O Brasil é um consumidor ávido de dispositivos eletrônicos. Mas nós temos um déficit muito grande nessa balança, quando se fala em produção", salienta o secretário.

Além do Minicom, os ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e o da Ciência, Tecnologia e Inovação, além da empresa norte-americana Qualcomm, participarão dessa iniciativa. O intuito é ajudar a inserir o Brasil nesse importante segmento da indústria, trabalhando para detectar potencialidades e também as dificuldades que precisam ser superadas. "Existem uma série de desafios que a gente precisa trabalhar para que dê certo: desafios de logística, tributários, de ordem burocrática", ressalta o secretário de Telecomunicações do Minicom, Maximiliano Martinhão.

SPOC

Os membros dos três ministérios e da companhia americana trabalharão em outra iniciativa, que complementa esse trabalho de prospecção. Até o final do ano, deve ser regularizada no país uma tecnologia desenvolvida pela Qualcomm chamada Smartphone One Chip (SPOC). "O Brasil vai ser o primeiro país no mundo a fabricar o SPOC em série", destaca o diretor de Indústria, Ciência e Tecnologia do MiniCom, José Gontijo.

Setores da indústria nacional serão convidados a integrar esse trabalho. Assim, ao término da validação, os fabricantes locais terão adquirido todo conhecimento de produção e o Spoc poderá passar a ser exportado pelo país.

 

Fonte:ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!