Ministério do Trabalho adota business intelligence para combater fraudes

21/03/2015 13:30

A solução tem como alvo os malfeitos no seguro-desemprego.

De olho nas fraudes no programa de seguro-desemprego, o Ministério do Trabalho (MTE) acaba de adotar a plataforma de business intelligence  da Maxtera Tecnologia. A meta é monitorar e gerir melhor as informações dos bancos de dados da instituição. A solução adotada inclui a gestão analítica de informações para aumentar os recursos de prevenção a fraudes da concessão do benefício do seguro-desemprego, monitoramento da atuação profissional de imigrantes estrangeiros, criação do Painel de Monitoramento Analítico do Mercado de Trabalho e o lançamento de uma plataforma pública com dados do mercado de trabalho brasileiro. De acordo com a Maxtera, a iniciativa moderniza as soluções de tecnologia do MTE e cria um ambiente de inteligência gerencial a partir de modelos de mineração de dados (data mining). Parte desse data mining vem do grande volume de informações de relatórios como o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e do Rais (Relação Anual de Informações Sociais), além do cruzamento com outros cadastros, inclusive os da Receita Federal. “O ministério está passando por um processo de modernização de toda sua estrutura tecnológica. Esses projetos fazem parte do atual Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI)”, diz o assessor especial do ministro Manoel Dias e Diretor de Tecnologia da Informação, Lúcio Flávio Vilar de Azevedo. Ele destaca que as inovações vão refletir diretamente na transparência das informações e na agilidade dos processos, economizando recursos públicos.

 

Fonte:Ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!