NSA guarda todas as ligações feitas em um país durante um mês

20/03/2014 08:18


Novos documentos divulgados por Edward Snowden indicam que a NSA (Agência de Segurança Nacional dos EUA) tem à sua disposição tecnologia suficiente para gravar e armazenar chamadas telefônicas de um país estrangeiro inteiro por um período de 30 dias.

Segundo o Washington Post, citando os documentos, a agência seria capaz de interceptar, guardar e reescutar todas as chamadas armazenadas do país.

A publicação não cita qual é o país que está sofrendo com este programa de vigilância, chamado MYSTIC. O projeto entrou em funcionamento no ano de 2009, mas só alcançou funcionamento completo em 2011.

A informação contradiz o que se sabia antigamente, de que a agência coletava apenas metadados, capturando os números telefônicos e horário de chamadas, mas sem ter acesso ao áudio. A publicação também cita que não há um esforço para filtrar chamadas feitas por números americanos, o que seria irregular, uma vez que a legislação local proíbe a vigilância aos cidadãos sem um mandado.

Outras agências governamentais também teriam acesso a esse banco de dados imenso, o que é valioso para investigação de suspeitos. Originalmente, o plano previa apenas um país espionado, mas os oficiais já estariam considerando expandi-lo para mais seis países.

Como resposta ao artigo, a NSA só reafirmou que seu trabalho é "identificar ameaças dentro de grandes e complexos sistemas modernos de comunicação global", e que a agência trabalha dentro da lei.

Via The Verge e Washington Post 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!