Pesquisadores começam a testar "RoboCop" da vida real

14/02/2014 08:02


O filme clássico RoboCop terá um remake saindo em breve nos cinemas do mundo todo. Quando o conceito foi criado originalmente, nos anos 1980 pensar em robôs patrulhando as ruas era algo muito distante. Hoje em dia, no entanto, a ideia não está tão longe assim, pelo menos no que depender de uma equipe no estado da Flórida, nos Estados Unidos.

O grupo de estudantes do laboratório de descobertas da Florida International University tenta trazer o RoboCop para a vida real. Claro, o robô, chamado "Telebot" ainda está muito longe de chegar ao patamar do que é observado nos filmes, mas é um primeiro passo.

O robô tem 1,80 metro de altura e pesa apenas 34 quilos. Seu objetivo, na verdade, é permitir que policiais com deficiência física continuem a trabalhar como oficiais de patrulha. 

Para isso, uma pessoa deve usar remotamente um Oculus Rift, que monitora os movimentos da cabeça, um colete que monitora movimentos, pulseiras e luvas. Tudo é passado em tempo real para o robô e o por meio da tela do headset, a pessoa tem uma atualização em tempo real do campo de visão do Telebot. O colete controla os movimentos, enquantos as luvas e pulseiras controlam as mãos.

De acordo com o Mashable, a pesquisa só foi possível graças a um tenente da Marinha dos Estados Unidos, que doou US$ 20 mil ao projeto para permitir que seus amigos veteranos de guerra pudessem voltar à atividade, mesmo que remotamente.

"O próximo passo é fabricar a carcaça do robô, ajustar o software e, finalmente, testá-lo em campo", diz o processor Nagarajan Prabakar, processor na Escola de Computação e Ciência da Informação na Florida International University.

Via Mashable


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!