Profissionais de TI subestimam alcance do BYOA, diz pesquisa

28/04/2014 08:57

Apesar de empresas reconhecerem tendência, responsáveis por TI ainda ignoram possibilidade de funcionários escolherem seus próprios aplicativos.

 

Um estudo recente realizado pela LogMeIn e pela Edge Strategies revelou que profissionais de TI subestimam de forma significativa o alcance da tendência do Bring-Your-Own-App no ambiente de trabalho. Feita para constatar a utilização e a adoção de aplicativos cloud introduzidos por empregados nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Irlanda, Austrália e Nova Zelândia, a pesquisa se aprofundou nos tipos e número de app entrando no ambiente de emprego, bem como o dever da TI em gerenciar e controlar esta tendência.

BYOD: operadora anuncia oferta de ferramenta para proteger dados corporativos

Segundo o estudo, enquanto cerca de 70% das empresas pesquisadas relataram uso ativo de apps introduzidos por funcionários, profissionais de TI pesquisados calcularam o número desses aplicativos em 2,8 apps por organização. No entanto, dados subsequentes coletados em companhias de porte similar por intermédio de tecnologia de descoberta de app, mostraram que o número médio de BYOA fica perto de 21 por empresa – um escalonamento 7 vezes maior.

“O crescimento acelerado de ofertas cloud – junto com a consumerização de TI – está forçando grandes mudanças na forma de operação de TI e colocando em questão a relevância no ambiente de trabalho atual. As exigências críticas de segurança e gestão continuam sendo a responsabilidade primária de TI, mas está cada vez mais fora do círculo quando se trata de selecionar aplicativos e pior, o modo como os dados são armazenados e compartilhados por intermédio desses aplicativos,” afirmou W. Sean Ford, CMO da LogMeIn. “Nós acreditamos que a função de TI precisa ser fundamentalmente redefinida se os profissionais quiserem reconquistar sua voz estratégica e isto significa reinventar a maneira como eles abordam o gerenciamento de aplicativos, dispositivos e dados na era do BYO.”

 

Fonte:ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!