Siemens AG expande uso de serviços IP ao conectar 1.5 mil sites

21/03/2014 12:11

Com rede da Orange Business Services, telepresença, VoIP e outras aplicações apoiarão trabalhadores remotos de 90 países.

A Siemens AG e a Orange Business Services (OBS) expandiram o contrato de rede WAN (Wide Area Network) para conectar 1.5 mil sites em 90 países. Com isso, a empresa de engenharia elétrica poderá usar serviços de telepresença, aplicativos em nuvem, VoIP, entre outras aplicações para apoiar trabalhadores remotos.

Orange Business Services e T-Systems firmam acordo para videoconferência corporativa

Parte do projeto consiste na migração de 470 sites em 26 países, além de 1.030 sites em 69 países, gerenciados para a Siemens AG desde 2009, medida que promete mais agilidade e desempenho na rede da empresa.

A companhia precisava expandir sua rede WAN para suportar as equipes virtuais e funcionários remotos, e do lado da OBS, o portfólio de serviços, incluindo soluções com base na web e na nuvem têm ajudado a atender essa demanda. O contrato de service desk garante que a empresa receba serviços premium de rede gerenciada nos 90 países onde opera.

“Como uma empresa com operação global e escritórios em todo o mundo, precisamos de uma rede de comunicação confiável e sustentável, que seja crucial para possibilitar nossos negócios e possa evoluir com eles”, afirma Norbert Kleinjohann, CIO da Siemens. “Escolhemos a Orange por sua capacidade de oferecer cobertura de rede Multi Protocol Label Switching (MPLS) uniforme no mundo inteiro combinado com altos padrões de segurança, qualidade de serviço, suporte local e relação custo-benefício atraente.

Helmut Reisinger, vice-presidente sênior da OBS para Europa, Rússia e da Comunidade dos Estados Independentes (CIS) afirma que a Siemens combinou uma abordagem tecnológica com a especialização em prestar serviços robustos de rede. "Temos a experiência para implementar e gerenciar com eficiência projetos desta escala, incluindo todas as áreas com crescimento rápido em mercados emergentes. Definitivamente, nosso conhecimento em  governança global e local fizeram a diferença, além de nossas capacidades de liderar redes globais", garante.

 

Fonte:ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!