Telefônica formaliza compra da GVT, depois da aprovação do Cade

27/03/2015 14:42

Amos Genish deve presidir a nova empresa oriunda da fusão.

A compra da GVT pela Telefônica agora é oficial e foi aprovada pelo Cade. Com isso, a operadora, que pertencia à francesa Vivendi, será fundida à gigante espanhola. A fusão também vai trazer o israelense Amos Genish, principal executivo da GVT, como presidente e CEO da Telefônica Brasil. De acordo com a empresa espanhola, o executivo assume o cargo até o primeiro semestre desse ano. Já Antônio Carlos Valente, atual presidente da Telefônica Brasil, assume o cargo de Presidente do Conselho de Administração da companhia, uma posição não executiva extremamente relevante em um mercado-chave como é o Brasil. No futuro próximo, Valente também assumirá novas responsabilidades como representante do Grupo Telefónica na América Latina. Já Paulo César Teixeira, atual CEO da Vivo, decidiu se dedicar a outros projetos profissionais fora do Grupo Telefónica. Na comunicação oficial, a Telefônica enfatiza que “Genish terá o desafio de unir o que há de melhor em Vivo e GVT, o que levará a níveis ainda maiores de excelência e performance  e de engajamento dos funcionários”. O executivo ganhou destaque por liderar a GVT durante os últimos 15 anos, criando uma cultura corporativa própria, destacada pela agilidade. Com mais de 100 milhões de acessos, a nova Telefônica Brasil, resultado da aquisição da GVT, será a número 1 do mercado em quantidade de clientes e receitas.

 

Fonte:ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!