União Europeia aprova fusão de Microsoft e Nokia e descarta monopólio

06/12/2013 08:49

 


Depois dos Estados Unidos, chegou a vez da União Europeia dar o "ok" para a aquisição da divisão de dispositivos e serviços da Nokia pela Microsoft. Em comunicado emitido pela organização, a Comissão alega que não há problemas em relação a um possível monopólio iniciado com a fusão.

"A sobreposição das atividades das duas empresas é mínima nesta área e vários rivais fortes continuarão a competir com a entidade após a fusão", explica o comunicado.

A Microsoft, como não poderia ser diferente, ficou satisfeita com o resultado, que abre ainda mais o caminho para a conclusão do negócio. "Estamos ansiosos pela data em que nossos parceiros da Nokia se tornarão membros da família Microsoft e estamos felizes que a Comissão Europeia liberou o acordo sem restrições", explica um representante da empresa ao site The Verge.

Com isso, o ex-CEO da Nokia Stephen Elop deve assumir um cargo de liderança na divisão de dispositivos da empresa, que inclui o Surface, os consoles Xbox e agora os celulares com Windows Phone. Ele, que já foi considerado um dos favoritos para assumir o cargo de Steve Ballmer após a aposentadoria do atual chefão da Microsoft, no entanto, teria perdido a preferência em relação à vaga, segundo os rumores mais recentes.

Via The Verge 


 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!