Vendas do software de monitoramento de rede da Paessler crescem em 2014

26/03/2015 11:15

No Brasil, a empresa conquistou 22 novos parceiros.

 

Especializada em soluções para monitoramento de rede, a Paessler AG obteve um crescimento de receita de 32% em 2014, em âmbito global, de acordo com estimativas preliminares. Nesse período, o número de colaboradores aumentou de 74 para 103.

Na média global, os revendedores foram responsáveis por 48% no aumento das vendas no ano passado. E na região Ibero-Americana, as vendas realizadas somente pelos parceiros tiveram um aumento de 79% em 2014. “É incontestável o papel dos parceiros da Paessler nos resultados mundiais”, afirma Dirk Paessler, CEO da Paessler.

No Brasil, a Paessler conquistou 22 novos parceiros nas regiões Sul e Sudeste no decorrer do ano passado.  “Acreditamos que esses novos parceiros, juntamente com os canais já fidelizados e que conhecem a qualidade do nosso produto, o PRTG Network Monitor, vão ajudar a expandir a nossa presença no país” diz Dirk Paessler. “Além da usabilidade, comprovada pelos nossos clientes no dia a dia, a ferramenta de monitoramento de rede da Paessler oferece preços acessíveis, compatíveis com o planejamento de empresas de diferentes portes e setores, desde uma startup até uma multinacional”, acrescenta.

A receita gerada via parceiros superaram o volume de vendas diretas na maior parte das regiões onde a Paessler AG atua. Na Espanha e nos países da América Latina em que se fala a língua espanhola, por exemplo, os negócios realizados por meio de parcerias alcançaram 64% do total de faturamento da região. No Brasil e em Portugal, somados, esse percentual foi de 52%.

Paessler AG aposta em canais e vende 61% mais no Brasil

Mundialmente, a Paessler conquistou 876 novos parceiros. Na região Ibero-Americana, que engloba Espanha, Portugal e os países da América Latina, foram 76 novos canais, que ajudaram a elevar as vendas do PRTG Network Monitor. Nesse contexto, o México alcançou destaque com um crescimento de 47% nas vendas locais, em comparação a 2013.

 

Fonte:Ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!