Volkswagen reconhece fraude em software para carros

22/09/2015 11:04

Segundo agência France Press, montadora teria admito uso de programa embarcado que falsifica dados sobre emissão de poluentes.

Esse será um recall diferente – e de graves consequências para a fabricante alemã. Ela é acusada pela EPA – agência de proteção ambiental norte-americana, de ter equipado veículos a diesel com um software que falsifica dados de emissões de poluentes. Em função da acusação – e do reconhecimento do problema – a montadora teria suspendido a comercialização dos veículos a diesel de quatro cilindros da marca VW e Audi, os quais representam um quinto das vendas da empresa nesse mercado.

Dados da EPA indicam que 482 mil veículos das duas marcas – fabricados pela VW e Audi – entre 2009 e 2015, fazem parte da frota equipada com um software que permitiria reduzir suas emissões caso fossem submetidos a testes específicos para detectar a poluição. Com esse “atalho”, os veículos conseguiam um certificado ecológico. Para a Volkswagen, o processo pode custar caro, pelo menos 18 bilhões em multas e outras penalidades. De acordo com a France Press, o estrago será ainda maior, a começar pela grita na imprensa alemã, que considera o caso como “desastre” e “hecatombe”.

 

Fonte:ipnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!